GERAÇÃO DE RENDA

Rede de comunidades produz coleção de moda para a Copa do Mundo

terça-feira, 18 de maio de 2010


A produção faz parte do programa Energia Social Coelce, que só no primeiro trimestre deste ano gerou R$ 41.074,82 de comércio solidário.

O verde e o amarelo são foco da produção de uma rede social formada por 20 comunidades desfavorecidas economicamente como alternativa para a geração de renda familiar. Com o apoio da Coelce, elas criaram uma coleção de peças para a Copa do Mundo da África do Sul (conferir catálogo anexo).

Por meio do programa Energia Social Coelce, viabilizou-se a produção de camisetas, porta-celular, bolsas, entre outros artigos, todos voltados exclusivamente para esse que é considerado um dos maiores eventos esportivos do planeta. Um verdadeiro passeio de cores e formas alegres, prontos para vestir a comemoração de cada gol da seleção brasileira.


Resultados

energia_social_colecao_01

A Coleção Copa 2010 é o quarto catálogo de produtos desenvolvidos pelas comunidades do Energia Social. No primeiro trimestre deste ano, isso representou uma geração de R$ 41.074,82 de comércio solidário pelo programa. Somente em março, foram R$ 21.074,82.

Todo o trabalho das comunidades é inscrito em eventos de moda, exposições e feiras. A exemplo da Coleção de Moda 2009, fruto do esforço de comunidades do Eusébio, Pacajus e Vila Velha, os produtos valorizam e resgatam o regionalismo com artesanato genuinamente cearense.

"O desenvolvimento e a autonomia dos grupos e comunidades atendidos é o maior objetivo do Energia Social", explica a coordenadora do programa, Gonçalinha Lima. "Tudo com o único objetivo de trazer desenvolvimento para o Estado e uma vida melhor para as famílias participantes", completa.

Mais sobre o Energia Social

O projeto Energia Social foi criado a partir da necessidade da empresa de contribuir para o desenvolvimento sustentável das comunidades carentes atendidas pelo Projeto de Recuperação de Clientes da Gerência de Controle de Perdas. A proposta permite que as ações desenvolvidas nessas comunidades colaborem para a melhoria dos níveis de educação profissionalizante, promovendo um impacto direto no combate às perdas de energia e no controle da inadimplência.

Por se tratar de um projeto no qual são beneficiadas famílias em situação de extrema carência e de pouco conhecimento escolar, a opção mais imediata é aperfeiçoar o conhecimento tradicional da região ou introduzir técnicas de fácil aprendizado e de viabilidade econômica imediata. Sendo assim, são desenvolvidos trabalhos de orientação para a prática artesanal (crochê, modelagem, renda de filé, retalho, trançado de palha etc) conforme o saber de cada região e de seus moradores.

energia_social_colecao_02

A capacitação está fundamentada na formação e na organização do grupo de trabalho produtivo, com tomada de responsabilidades por parte de cada membro efetivo. Também estão contempladas oficinas específicas de design e criatividade, promovendo um pensar mais apurado da técnica artesanal tradicional, além de um foco direcionado para o mercado e suas necessidades com estilo e inovação, sem deixar de lado a disseminação do trabalho de mestres artesãos. Para o projeto alcançar sua plenitude, faz parte do programa um ciclo de palestras que envolvem orçamento familiar, associativismo, segurança alimentar, orientação para o mercado e educação ambiental.

O maior diferencial na proposta do Energia Social é a independência dos envolvidos em relação à entidade patrocinadora, assim as comunidades podem negociar diretamente com novos compradores sem necessariamente precisar da intervenção da empresa, promovendo uma maior captação de pedidos e conseqüentemente renda para os produtores.

Outras ações

O Energia Social está inserido da área de Projetos na Comunidade e não atua apenas no campo da economia solidária, mas também em outras ações, como o Coelce nos Bairros, que envolve desde a orientação sobre o uso consciente da energia até a prestação de serviços à comunidade.

Reuniões e participação

O Coelce nos Bairros promove constantes encontros com lideranças comunitárias. Foram 50 nos primeiros três meses de 2010, o que contempla um número de 21.764 participações nos sorteios de lâmpadas, geladeiras, entre outras atividades. O número já é metade do total atendido em 2009.

Brincando na Praça

Outra ação de sucesso do Coelce nos Bairros é o Brincando na Praça. Foram contempladas mais de 5.400 crianças e adolescentes até março deste ano. Durante os eventos, a criançada se diverte com o Lampinha (mascote da Coelce), com brinquedos infláveis e, ainda, com a distribuição de pipoca e picolé.

Ações sociais

Ações sociais das mais diversas cobriram um público de 4.709 pessoas neste trimestre. O número conta, ainda, com a realização de outros eventos, como a 2ª Olimpíada de Jogos Populares, que teve a participação de 48 crianças e adolescentes da Comunidade do Rolador, em Pacoti.

SERVIÇO:

Para saber mais sobre a iniciativa ou encomendar peças da coleção Copa do Mundo - Energia Social, entre em contato com a Área de Projetos na Comunidade da Coelce pelos números (85) 3453.4707 / 3453.4980


Gerência de Comunicação - Coelce
gercom@coelce.com.br


Mais Notícias
  • ARCE 0800 727 0167       ANEEL 167